(Não que eu ache minha vida interessante pra só falar dela por aqui, mas é o que tem pra hoje. Hoje tá demorando pra passar, inclusive).

 

 

Levei a Beyoncé dar uma voltinha, como tem sido hábito ultimamente, nos fins de tarde, pra eu espairecer a cabeça das loucuradas da vida.

Uma vez, Bey encontrou um dog que recebou ela ganindo feito um desgraçado. Tive que arrastar ela de perto, e ela não ficou agressiva, pelo contrário, parece que gamou. Mais pra frente, cruzamos com outro cachorro, super dócil, mansinho, foi logo cheirando a Bey no focinho… Ela só não saiu mais correndo porque a guia é curta.

 

 

 

Por: Sole.

Anúncios