Amanhã, quarta feira de cinzas aqui, e fim do Prêt à Porter lá, em Paris.

Com alguns desfiles, tanto da safra de designers nacional, quanto dos mestres da moda internacionais, fico feliz em ver que cada vez mais a moda deixa de ser vista como frivolidade e futilidade e passa a ser levada em consideração como impulso para a economia e relacionada à raízes ancestrais do homem, como um verdadeiro retrato da sociedade atual tendo em vista que as roupas não são nada menos do que a maneira com que nos posicionamos no mundo.

Com o fim das temporadas de inverno desse ano algo me fez ficar com o pé atrás nessa nova maneira mais artistica/cultural/ social de ver a moda que eu vinha acreditando.

Dsquared2, Salvatore Ferragamo, Brioni, Giorgio Armani, Gucci, Missoni (só pra citar os mais “bambambans”) usaram peles de animais nas suas criações. Acho impossível que somente os ativistas do PETA gritem e que nas primeiras filas dos desfiles só se ouçam suspiros de encantamento.

Gucci

Estamos em 2011 e acredito que não se faz nem mais necessário explicar a situação ambiental em que nos encontramos. Não sou a maior amante dos animais (NUNCA seria vegetariana, por exemplo) e nem eco-chata (admito, até, cometer muitos erros no quesito ecologia), mas para que a moda seja levada mais a sério, e com tanta tecnologia em tecidos existente hoje em dia, acho vergonhoso que mestres da moda ainda tenham que usar peles de animais, retiradas num processo cruel e desnecessário.

Não vivemos mais nas cavernas, não precisamos mais matar animais pra nos protegermos do frio! E, com certeza, os designer em questão, com o talento que tem, também não precisam matar animais pra fazer coisas incríveis como se viu nas semanas de moda essa temporada.

Se é para sermos alienados e consumirmos loucamente nos preocupando somente com a beleza e não com o resto do mundo, largo agora a minha pós, meus livros e meus estudos em moda e vou passear no shopping  no maior estilo fútil e assim recuamos anos de conquistas no campo do design…

 

P.s. Por favor, revistas, sites, jornais e afins de moda, parem de publicar reportagens sobre Color Blocking! Já entendemos!!

 

Por: Caracortada

Anúncios